Localização
Rua 1822, 648
Centro
Balneário Camboriú, SC
CEP: 88330-610
Contato
contato@syngoo.com
Telefone: +55 (47) 3050-0070
WhatsApp: +55 (47) 3056-3900

Quando falamos de persona, muitos ainda acabam confundindo com público-alvo, que, apesar de serem muito parecidos, em sua essência são bem distintos. Entenda melhor quais são suas diferenças e como isso pode te auxiliar.

Enquanto público-alvo é mais geral e amplo, ou seja, um grupo de pessoas com características semelhantes, a persona é algo específico, que define seu consumidor ideal baseado em comportamento e características reais de seus clientes.

O que é persona?

A persona é um personagem semifictício, baseado em dados e comportamentos reais, que representa o cliente ideal de uma marca ou empresa. Ela também é conhecida como buyer persona ou avatar. A persona orienta a criação de conteúdo e o Marketing Digital. O objetivo é criar um perfil que sintetize as principais características dos clientes para que a marca consiga criar estratégias alinhadas ao seu público e capazes de atender suas demandas.

Tipos de personas 

Existem algumas opções dentro desse conceito e cada uma tem um propósito diferente.

Buyer persona
Personagem fictício criado a partir de dados e comportamentos, que representa um cliente ideal de uma empresa. Utilizado com frequência, ele é desenvolvido a partir de pesquisas com consumidores ativos e potenciais leads. O seu processo de desenvolvimento procura entender os gostos e hábitos desse público que influenciam direta ou indiretamente na hora da compra.

Audience persona
Criado a partir do perfil de pessoas que estão consumindo os seus conteúdos no ambiente digital, o user persona representa os hábitos dos internautas que estão acessando o seu blog, site ou redes sociais.  Esse tipo de análise auxilia na melhoria da visibilidade da marca e fornece insights relevantes para adequar o conteúdo ou até mesmo a estratégia. 

Proto persona
Criada a partir de suposições, informações e pesquisas entre os clientes, a proto persona é considerada por muitos especialistas como a versão inicial da buyer persona.  Desenvolvida como uma solução rápida e menos custosa, ela serve para complementar as análises dos outros tipos de persona e avaliar a visibilidade da marca perante os seus consumidores.  A proto persona pode ser elaborada com o auxílio de funcionários da empresa, de preferência nos mais variados departamentos. 

Brand persona
Essa persona tem como principal objetivo representar a personalidade da sua marca. Ela personifica o tom de voz e os valores de uma determinada empresa, a partir dos conteúdos divulgados.  Atualmente, os consumidores estão cada vez mais conectados e exigentes, e a identificação com a marca tem se tornado um fator decisivo na hora da compra. Para criar essa persona, será preciso escolher um líder ou representante que demonstre esses posicionamentos de forma natural e ainda gere aproximação com o público-alvo. 

Como criar sua persona?

Para que cumpra o seu papel, a persona deve ser resultado de pesquisa, análise e construção. Basicamente, ela deve seguir estes cinco passos:

  • Coletar os dados de clientes;
  • Realizar perguntas a esses clientes;
  • Analisar os dados coletados;
  • Estruturar a persona;
  • Compartilhar a persona com a equipe.

Entrevistar seus clientes é a melhor forma de definir suas personas. Pois, você acaba evitando “achismos” e evita, consequentemente, as falhas. Para isso, é importante definir três pontos: conhecer seu público, criar as perguntas para sua entrevista e por último sua abordagem, ou seja, como você irá chegar nessas pessoas. Se o seu produto ou serviço é novo, você pode pedir indicações de contatos de pessoas que possam se encaixar no que você imagina que será o perfil do seu futuro cliente. O próximo passo é desenhar o perfil de acordo com as perguntas e análises feitas. Com isso, você poderá unificar as informações e elaborar o personagem, ou melhor, sua persona.

Outra dica é criar nomes para as personas, porque isso facilita os debates colocando a persona como alvo. Por exemplo: “mas você acredita que a Camila se interessaria por isso?

Agora que você sabe a diferença entre público-alvo e persona, que tal começar a trabalhar com personas no seu negócio?